Medicina Especialidade Medicina Nuclear Radiologia

Em relação à estratificação de risco e à profilaxia de tromboembolismo venoso para um paciente do sexo masculino de cinquenta anos de idade, vítima de fratura diafisária de fêmur, que será submetido à cirurgia de redução e fixação por meio de placa e parafuso, com anestesia intradural, assinale a alternativa correta.
  • A. risco baixo e apenas uso de meias antitrombo
  • B. risco moderado e profilaxia com heparina subcutânea 10.000 UI de 12 em 12 h, iniciada 1 h após a punção, ou HBPM, em menor dose profilática, de 12 em 12 h, iniciado 1 h após a punção
  • C. risco alto e profilaxia com heparina subcutânea 10.000 UI de 12 em 12 h, iniciada 1 h após a punção, ou HBPM, em maior dose profilática, de 12 em 12 h, iniciado 1 h após a punção
  • D. risco moderado e profilaxia com heparina subcutânea 5.000 UI de 12 em 12 h, iniciada 1 h após a punção, ou HBPM, em menor dose profilática, uma vez ao dia, iniciado 1 h após a punção
  • E. risco alto e profilaxia com heparina subcutânea 5.000 UI de 8 em 8 h, iniciada 1 h após a punção, ou HBPM, em maior dose profilática, uma vez ao dia, iniciado 12 h antes da cirurgia