Medicina Especialidade Regulador

Um paciente com dezesseis anos de idade apresentou asma na infância; contudo, havia mais de dez anos que não apresentava crises. Ele procurou a unidade de pronto atendimento (UPA) mais próxima de sua residência, com queixa de tosse frequente, falta de ar e chiado no peito. O exame médico evidenciou pressão arterial de 110 x 70 mmHg, frequência cardíaca de 96 bpm e FR de 22 ipm. O oxímetro de pulso revelou saturação de O2 de 94%.

Com base no quadro clínico descrito acima, assinale a opção correta.

  • A.

    No caso clínico apresentado, a presença de hipoxemia justifica o uso de corticoterapia sistêmica.

  • B.

    No exame de espirometria de João, são esperados uma redução do volume expirado forçado no primeiro segundo (VEF1) e um aumento da relação entre o VEF1 e a capacidade vital forçada (CVF).

  • C.

    Deve-se indicar o tratamento com broncodilatadores para a reversibilidade da obstrução das vias aéreas.

  • D.

    Caso João fosse submetido a testes de broncoprovocação, o resultado desses testes provavelmente seria compatível com hiporresponsividade brônquica.

  • E.

    A investigação de quadros infecciosos subjacentes, como a presença de rinossinusite bacteriana, é mandatória para o caso clínico acima apresentado.