Medicina Especialidade Reumatologia

A síndrome do anticorpo antifosfolipídio (SAF), caso não seja diagnosticada e tratada precocemente, apresenta elevado potencial de morbimortalidade. Com relação a essa doença, assinale a opção correta.

  • A.

    A colagenose que mais se associa à síndrome do anticorpo antifosfolípide é a doença mista do tecido conjuntivo.

  • B.

    Uma paciente que apresente síndrome do anticorpo antifosfolipídio e trombose venosa deve receber antioagulação plena contínua, excetuando-se o período de gestação, quando deverá ser tratada apenas com heparina profilática.

  • C.

    Para se definir o diagnóstico da síndrome do anticorpo antifosfolipídio, é necessária a presença de trombose vascular ou morbidade gestacional típica da doença e a presença de um dos anticorpos antifosfolipídios (anticardiolipina IgM ou IgG — em títulos moderados ou altos— ou anticoagulante lúpico), pelo menos, em duas dosagens, com diferença mínima de 6 semanas entre as coletas.

  • D.

    Uma paciente que relata histórico de dois abortos não-consecutivos (anteriores à décima semana de gestação) e apresenta exames complementares que detectam a presença do anticorpo anticoagulante lúpico tem o diagnóstico definido de síndrome do anticorpo antifosfolipídio, segundo os critérios preliminares do Colégio Americano de Reumatologia.

  • E.

    Entre os critérios preliminares do Colégio Americano de Reumatologia, não se inclui o nascimento de feto prematuro por eclâmpsia ou pré-eclâmpsia grave antes da trigésima quarta semana de gestação.