Medicina Especialidade Cirurgias Transplante

Um paciente de 58 anos de idade comparece ao ambulatório de nefrologia para seguimento de rotina. Apresenta como comorbidades diabetes mellitus (DM) e hipertensão arterial sistêmica (HAS), em uso de losartana 100 mg, hidroclorotiazida 25 mg, anlodipino 10 mg e metformina 850 mg duas vezes ao dia. Refere que há 30 dias vem apresentando quadro de hiporexia e tosse seca. Nega vômitos, soluços, dispneia ou febre. Ao exame físico, apresenta-se descorado +2/+4, hidratado, ausculta cardíaca sem sopro, ritmo cardíaco regular em 2T, sem sopro, com FC = 80 bpm, PA = 190 mmHg x 100 mmHg, ausculta respiratória com redução de murmúrios vesiculares em base esquerda, com FR = 16 imp e saturação de O 2 = 96% em ar ambiente, além de apresentar edema +1/+4 MMII. Apresentava, em janeiro de 2017, creatinina = 4,1 mg/dL. Leva à consulta exames recentes com Hb = 8,2 mg/dL, leucócitos = 5.290, plaquetas = 160.000, com valores de folato e vitamina B12 normais, ureia = 94 mg/dL, creatinina = 4,8 mg/dL e clearance de creatinina = 12 mL/min/1,73 m², Na+ = 136 mEq/L, Ca+2 = 8,0 mg/dL, fósforo = 5,9 mg/dL, K+ = 6,2 mEq/L, EAS com proteína +, glicemia e hemoglobina ausentes, ferritina = 94 ng/mL, índice de saturação de transferrina (IST) = 18%, Hb glicada = 10%, glicemia de jejum = 200 mg/dL, proteinúria de 24 horas = 1,5 g (volume = 2.600 mL) e ultrassonografia de rins e vias urinárias normal. São iniciadas medidas de controle para hipercalemia, inclusive com suspensão de losartana, porém, os exames de controle do paciente evidenciaram K+ = 6,4 e 6,5 mEq/L, respectivamente.

Acerca desse caso clínico e dos conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

O alvo de hemoglobina a ser alcançado no tratamento da anemia da DRC é de 12 g/dL.
  • C. Certo
  • E. Errado