Medicina Especialidade Cirurgias Transplante

Paciente, 52 anos de idade, sexo masculino, é atendido no ambulatório de neurologia em razão de epilepsia de início recente, sendo iniciado tratamento com carbamazepina para controle de crises; contudo, cerca de 1 mês após a introdução da medicação, o paciente dá entrada no pronto-socorro da respectiva cidade por apresentar, há 5 dias, quadro de rash cutâneo, febre baixa e oligúria, tendo suspendido a medicação no dia anterior, sem melhora do quadro. O exame físico demonstra rash cutâneo difuso e edema discreto em MMII. Os exames iniciais solicitados no pronto-socorro mostravam Hb = 12,5 g/dL, leucócitos = 8.000/mm³, plaquetas = 210.000/mL. VHS = 50 mm e glicemia = 94 mg/dL, creatinina = 3,0 mg/dL, ureia = 90 mg/dL, K+ = 4,9 mEq/L e EAS com cilindros leucocitários e eosinofilúria.

Em relação a esse quadro clínico, julgue os itens a seguir.

As alterações laboratoriais na função renal do paciente são compatíveis com provável lesão renal aguda intrínseca em razão de nefrite túbulo-intersticial.
  • C. Certo
  • E. Errado