Medicina Especialidade Cirurgias Transplante

M. A. O., 25 anos de idade, sexo feminino, previamente hígida, vai a consulta no PSF para a entrega de exames de rotina, com hemograma normal (Hb = 13 g/dL, leucócitos = 6.000/mm3 e plaquetas = 200.000/mL), EAS sem alterações, ureia = 30 mg/dL, creatinina = 0,8 mg/dL e exame Papanicolau dentro da normalidade. Durante a consulta, a paciente se queixa de discreta lombalgia ao realizar as atividades domésticas, sendo então orientada pela médica a fazer uso de ibuprofeno 600 mg a cada 8 horas, em caso de dor. Uma semana após a consulta, a paciente retorna em razão do edema em MMII e por estar “urinando menos”. Ela relata ter feito uso da medicação prescrita todos os dias após a consulta, conforme a médica havia orientado. É encaminhada ao pronto-socorro, onde são solicitados exames gerais, com os seguintes resultados: HGT = 95 mg/dL, Hb = 12 g/dL, Na+ = 142 mEq/L, K+ = 3,8 mEq/L, Cl- = 114 mEq/L, pH = 7,38, BIC = 24 mmoL/L, pCO2 = 38 mmHg, pO 2 = 99 mmHg, creatinina = 4,3 mg/dL e ureia = 90 mg/dL.

Acerca desse caso clínico, julgue os itens a seguir.

A redução do débito urinário apresentada pela paciente poderia ser definida como oligúria caso esse fosse menor que 100 mL em 24 horas.
  • C. Certo
  • E. Errado