Medicina Especialidade Traumatologia

Uma paciente de 29 anos de idade, vítima de acidente automobilístico (capotamento após colisão com obstáculo parado, em alta velocidade, sem cinto de segurança), deu entrada no pronto-socorro com os seguintes sinais vitais: pressão arterial de 90 mmHg x 70 mmHg; frequência cardíaca de 125 bpm; frequência respiratória de 32 mrpm; saturação de O2 de 98% em ar ambiente. Na avaliação inicial, o paciente apresentou via aérea permeável e atingiu 14 pontos na escala de coma de Glasgow, perdendo pontos na escala porque se encontrava confuso.

Com base nesse caso clínico e nos conhecimentos médicos correlatos, julgue os itens a seguir.

Esse paciente encontra-se em choque classe III.

  • C. Certo
  • E. Errado