Podem fazer parte da clínica da doença trofoblástica gestacional:

  • A.

    policistose ovariana, embolização trofoblástica, hipotireoidismo.

  • B.

    hiperemese gravídica, toxemia tardia, sangramento va­ginal

  • C.

    sangramento vaginal, hipertireoidismo, policistose ovariana.

  • D.

    toxemia precoce, hipopituitarismo, sangramento vaginal.

  • E.

    aumento rápido da altura uterina associado, obrigatoriamente, a batimento cardíaco presente, policistose.