Mulher de 15 anos de idade, alérgica à aspirina e a antiinflamatórios, com história de asma desde os seis anos e em uso regular de beclometasona 500 mcg, duas vezes ao dia, nos últimos três meses, vem à consulta de reavaliação com sintomas diurnos três vezes por semana e necessidade de uso de medicação de resgate (salbutamol spray dosimetrado), utilizado, em geral, quatro noites por semana no último mês, devido a sintomas noturnos. O exame tisico durante a consulta é normal. A espirometria realizada durante a consulta mostra limitação leve ao fluxo de ar das vias aéreas, com VEFl de 70% do valor previsto após o uso de broncodilatador de ação rápida. Considerando esse histórico, e de acordo com as novas diretrizes nacionais e internacionais para o manejo da asma, assinale a alternativa que apresenta, corretamente, o nivel de controle da doença.

  • A.

    Asma persistente controlada.

  • B.

    Asma não controlada.

  • C.

    Asma grave controlada.

  • D.

    Asma parcialmente controlada.

  • E.

    Asma exacerbada.