No transtorno de personalidade emocionalmente instável, a melhor estratégia de tratamento deve ser:

  • A.

    psicanálise associada ao uso crônico de benzodiazepínico

  • B.

    equinoterapia e neuroléptico sedativo.

  • C.

    psicodrama e psicoestimulantes.

  • D.

    anticonvulsivantes e terapia cognitivo comportamental.

  • E.

    sonoterapia e estimulação transcraneana.