Questões de Concursos Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais do Maranhão - MA (SEMA/MA)

Ver página SEMA/MA Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 810429

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 1

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Centraliza-se, no texto, uma concepção de progresso, segundo a qual este deve ser
  • A. equacionado como uma forma de equilíbrio entre as atividades humanas e o respeito ao mundo natural.
  • B. identificado como aprimoramento tecnológico que resulte em atividade economicamente viável.
  • C. caracterizado como uma atividade que redunde em maiores lucros para todos os indivíduos de uma comunidade.
  • D. definido como um atributo da natureza que induz os homens a aproveitarem apenas o que é oferecido em sua forma natural.
  • E. aceito como um processo civilizatório que implique melhor distribuição de renda entre todos os agentes dos setores produtivos.

Questão de Concurso - 810430

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 2

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Considere as seguintes afirmações:

I. A banalização do uso da palavra progresso é uma conseqüência do fato de que a Ecologia deixou de ser um assunto acadêmico.

II. A expressão desenvolvimento sustentável pressupõe que haja formas de desenvolvimento nocivas e predatórias.

III. Entende o autor do texto que a magia da palavra progresso advém do uso consciente e responsável que a maioria das pessoas vem fazendo dela.

Em relação ao texto está correto APENAS que se afirma em

  • A. I.
  • B. II.
  • C. III.
  • D. I e II.
  • E. II e III.

Questão de Concurso - 810431

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 3

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Considerando-se o contexto, traduz-se corretamente uma frase do texto em:
  • A. Mas quero chegar logo ao ponto = devo me antecipar a qualquer conclusão.
  • B. continuamos a usar indiscriminadamente a palavrinha mágica = seguimos chamando de mágico tudo o que julgamos sem preconceito.
  • C. para cercear as iniciativas predatórias = para ir ao encontro das ações voluntariosas.
  • D. ações que inflectem sobre qualquer aspecto da qualidade da vida = práticas alheias ao que diz respeito às condições de vida.
  • E. há de adequar-se a um planejamento = deve ir ao encontro do que está planificado.

Questão de Concurso - 810432

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 4

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Cada intervenção na natureza há de adequar-se a um planejamento pelo qual se garanta que a qualidade da vida seja preservada.

Os tempos e os modos verbais da frase acima continuarão corretamente articulados caso se substituam as formas sublinhadas, na ordem em que surgem, por

  • A. houve - garantiria - é
  • B. haveria - garantiu - teria sido
  • C. haveria - garantisse - fosse
  • D. haverá - garantisse - e
  • E. havia - garantiu - é

Questão de Concurso - 810433

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 5

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

As normas de concordância verbal estão plenamente respeitadas na frase:
  • A. Já faz muitos séculos que se vêm atribuindo à palavra progresso algumas conotações mágicas.
  • B. Deve-se ao fato de usamos muitas palavras sem conhecer seu sentido real muitos equívocos ideológicos.
  • C. Muitas coisas a que associamos o sentido de progresso não chega a representarem, de fato, qualquer avanço significativo.
  • D. Se muitas novidades tecnológicas houvesse de ser investigadas a fundo, veríamos que são irrelevantes para a melhoria da vida.
  • E. Começam pelas preocupações com nossa casa, com nossa rua, com nossa cidade a tarefa de zelarmos por uma boa qualidade da vida.

Questão de Concurso - 810434

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 6

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Está correto o emprego de ambas as expressões sublinhadas na frase:
  • A. De tudo aquilo que classificamos como progresso costumamos atribuir o sentido de um tipo de ganho ao qual não queremos abrir mão.
  • B. É preferível deixar intacta a mata selvagem do que destruí-la em nome de um benefício em que quase ninguém desfrutará.
  • C. A titia, cuja a mão enfim acertou numa velha receita, não hesitou em ver como progresso a operação à qual foi bem sucedida.
  • D. A precisão da qual se pretende identificar o sentido de uma palavra depende muito do valor de contexto a que lhe atribuímos.
  • E. As inovações tecnológicas de cujo benefício todos se aproveitam representam, efetivamente, o avanço a que se costuma chamar progresso.

Questão de Concurso - 810435

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 7

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Considere as seguintes afirmações, relativas a aspectos da construção ou da expressividade do texto:

I. No contexto do segundo parágrafo, a forma plural não mudaram tanto atende à concordância com academias.

II. No contexto do terceiro parágrafo, a expressão há de adequar-se exprime um dever imperioso, uma necessidade premente.

III. A expressão Em suma, tal como empregada no quarto parágrafo, anuncia a abertura de uma linha de argumentação ainda inexplorada no texto.

Está correto APENAS o que se afirma em

  • A. I.
  • B. II.
  • C. III.
  • D. I e II.
  • E. II e III.

Questão de Concurso - 810436

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 8

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

A palavra progresso freqüenta todas as bocas, todas pronunciam a palavra progresso, todas atribuem a essa palavra sentidos mágicos que elevam essa palavra ao patamar dos nomes miraculosos.

Evitam-se as repetições viciosas da frase acima substituindo- se os elementos sublinhados, na ordem dada, por:

  • A. a pronunciam - lhe atribuem - a elevam
  • B. a pronunciam - atribuem-na - elevam-na
  • C. lhe pronunciam - lhe atribuem - elevam-lhe
  • D. a ela pronunciam - a ela atribuem - lhe elevam
  • E. pronunciam-na - atribuem-na - a elevam

Questão de Concurso - 810437

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 9

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Está clara e correta a redação da seguinte frase:
  • A. Caso não se determine bem o sentido da palavra progresso, pois que é usada indiscriminadamente, ainda assim se faria necessário que reflitamos sobre seu verdadeiro sentido.
  • B. Ao dizer o poeta que seu coração não é maior do que o mundo, devemos nos inspirar para que se estabeleça entre este e o nosso coração os compromissos que se reflitam numa vida melhor.
  • C. Nada é desprezível no espaço do mundo, que não mereça nossa atenção quanto ao fato de que sejamos responsáveis por sua melhoria, seja o nosso quintal, nossa rua, enfim, onde se esteja.
  • D. Todo desenvolvimento definido como sustentável exige, para fazer jus a esse adjetivo, cuidados especiais com o meio ambiente, para que não venham a ser nocivos seus efeitos imediatos ou futuros.
  • E. Tem muita ciência que, se saísse das limitações acadêmicas, acabariam por se revelarem mais úteis e mais populares, em vista da Ecologia, cujas conseqüências se sente mesmo no âmbito da vida prática.

Questão de Concurso - 810438

Concurso SEMA Analista Ambiental - Área Engenharia de Pesca 2006

Questão 10

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

Está inteiramente correta a pontuação do seguinte período:
  • A. Toda vez que é pronunciada, a palavra progresso, parece abrir a porta para um mundo, mágico de prosperidade garantida.
  • B. Por mínimas que pareçam, há providências inadiáveis, ações aparentemente irrisórias, cuja execução cotidiana é, no entanto, importantíssima.
  • C. O prestígio da palavra progresso, deve-se em grande parte ao modo irrefletido, com que usamos e abusamos, dessa palavrinha mágica.
  • D. Ainda que traga muitos benefícios, a construção de enormes represas, costuma trazer também uma série de conseqüências ambientais que, nem sempre, foram avaliadas.
  • E. Não há dúvida, de que o autor do texto aderiu a teses ambientalistas segundo as quais, o conceito de progresso está sujeito a uma permanente avaliação.