Questões de Concurso #1678955
1
Q1678955
Serviço Social Projeto ético político profissional do Serviço Social
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2019
Banca: Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da UEL - FAUEL
Prova: FAUEL - Prefeitura de São José dos Pinhais - Assistente Social

Os projetos profissionais apresentam a autoimagem de uma profissão, elegem os valores que a legitimam socialmente, delimitam e priorizam seus objetivos e funções, formulam os requisitos (teóricos, práticos e institucionais) para o seu exercício, prescrevem normas para o comportamento dos profissionais e estabelecem as bases das suas relações com os usuários de seus serviços, com as outras profissões e com as organizações e instituições sociais privadas e públicas (inclusive o Estado, a quem cabe o reconhecimento jurídico dos estatutos profissionais).


(NETTO, José Paulo. A Construção do Projeto ÉticoPolítico do Serviço Social. p. 144. In.: Serviço Social

e saúde / Ana Elizabete Mota... [et al.], (orgs). – 4.ed. – São Paulo: Cortez; Brasília<DF: OPAS, OMS,

Ministério da Saúde, 2009.).


Analise o texto e assinale a alternativa INCORRETA:


A

O projeto profissional do serviço social começa a ser tratado nacionalmente como projeto éticopolítico a partir do código de ética de 1986, pois o ético e o político são entendidos como sinônimos.

B

Do ponto de vista estritamente profissional, o projeto ético-político implica o compromisso com a competência, que só pode ter como base o aperfeiçoamento intelectual do assistente social.

C

O projeto ético-político dos assistentes sociais tem seus valores e pilares definidos no código de ética profissional, na lei de regulamentação da profissão e nas diretrizes curriculares, e vem orientando a atuação do serviço social tanto no âmbito da formação quanto do exercício profissional.

D

O projeto profissional do serviço social vincula-se a uma nova projeção de sociedade, aquela em que se propicie aos trabalhadores um pleno desenvolvimento para a invenção e vivência de novos valores, o que, evidentemente, supõe a erradicação de todos os processos de exploração, opressão e alienação.