Sociologia (Ciências Sociais) Teorias sociológicas e Autores Sociologia Brasileira

Por volta de 1973, uma voz isolada mas potente verbalizou em alto e bom som uma crítica contundente à política social e trabalhista do regime autoritário (...). Nascia aí o novo sindicalismo, o cerne de sua proposta foi a ruptura com a própria legislação trabalhista, opondo-se à política do governo e pregando a negociação coletiva entre sindicatos e empregadores.

 (Maria Hermínia Tavares de Almeida. O sindicalismo brasileiro entre a conservação e a mudança)

 As propostas defendidas pelo novo sindicalismo, nos anos 1980, que marcam seu afastamento do sindicalismo corporativista, praticado nos anos 1930, foram

  • A.

    a colaboração do Ministério do Trabalho nas relações entre empregadores e trabalhadores; a liberdade e a autonomia sindical.

  • B.

    a não intervenção do Estado nas relações entre empregadores e trabalhadores; manutenção da contribuição sindical obrigatória; fim da estrutura sindical corporativista.

  • C.

    a colaboração do Ministério do Trabalho nas relações entre empregadores e trabalhadores; unicidade sindical; expansão do imposto sindical.

  • D.

    a não intervenção do Estado nas relações entre empregadores e trabalhadores; direito irrestrito de greve; fim da estrutura sindical corporativista.

  • E.

    o aumento da representação sindical; direito irrestrito de greve; unicidade sindical.