Questões de Concurso de Indivíduo e sociedade - Sociologia (Ciências Sociais)

Ver outros assuntos dessa disciplina Navegar questão a questão

Questão de Concurso - 1191500

Concurso Professor de Educação Básica - Área: Pedagogia 2019

Questão 21

Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE)

Nível Superior

A teoria de Vygotsky, psicólogo russo, toma por base o desenvolvimento do indivíduo como resultado de um processo socio-histórico, enfatizando o papel da linguagem e da aprendizagem nesse desenvolvimento. Essa teoria, conhecido como Teoria Histórico-Cultural, apresenta como questão central a apropriação de conhecimentos pela interação do sujeito com o contexto social. Na perspectiva dos estudos desse pensador, pode-se afirmar que:

  • A.

    o desenvolvimento cognitivo é produzido no processo de internalização da interação social com a cultura.

  • B.

    ao aprender a língua escrita, o indivíduo se apropria das técnicas de cópia e o traçado de cada letra, antes de se apropriar desse instrumento cultural de interação.

  • C.

    o meio sociocultural não influencia os rumos do desenvolvimento individual, que se dá em etapas consecutivas.

  • D.

    o desenvolvimento das funções psíquicas superiores decorre de funções existentes no indivíduo.

  • E.

    a educação sistemática e organizada não contribui com o processo de aquisição dos sistemas de conceitos científicos.

Questão de Concurso - 1191769

Concurso Professor de Educação Básica - Área: Educação Infantil 2019

Questão 36

Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (IBADE)

Nível Superior

Vygotsky define o ser humano como sujeito cultural, social e histórico. E formula a ideia de que pensamento e linguagem formam uma unidade dinâmica.

Portanto, para refletir sobre a alfabetização, há de se levar em conta qual a concepção de criança que se tem e que processo de alfabetização atende mais adequadamente a essa criança. Pensar a alfabetização como prática cultural, com significação social, é pensar nas experiências acumuladas das crianças ao chegarem à instituição, é conceber a criança como:

  • A.

    pessoa responsável por sua própria aprendizagem, em interação com os objetos.

  • B.

    ser pensante, constituído de consciência, espírito ou alma e conhecimento.

  • C.

    indivíduo que se desenvolve e se adapta de acordo com a evolução da humanidade.

  • D.

    cidadã plena de direitos de tomadas de decisão a seu próprio respeito.

  • E.

    produtora de cultura, portadora de linguagem e sujeito histórico nas relações sociais.

Questão de Concurso - 1007371

Concurso Sociólogo 2018

Questão 40

Fundação Carlos Chagas (FCC)

Nível Superior

A teoria crítica da sociedade, desenvolvida por Max Horkheimer, Adorno e outros membros da “Escola de Frankfurt”, compreendeu a relação entre sujeito e objeto:

  • A. O sujeito consegue fornecer uma representação exata do objeto na medida em que, ao formularem suas teorias, os cientistas não projetam seus juízos de valor nos objetos investigados.
  • B. A ciência consegue realizar a identidade entre sujeito e objeto porque os fatos são mediados por representações teóricas, assim como as teorias são históricas e formadas empiricamente.
  • C. A identidade entre sujeito e objeto é obtida porque os cientistas, ao realizarem a seleção, observação e análise dos fatos, o fazem segundo o método compreensivo, que os permite colocarem-se no lugar dos agentes objetos de estudo.
  • D. A identidade entre sujeito e objeto é obtida no processo de conhecimento porque esse é sempre social, sendo os cientistas influenciados em suas escolhas por suas trajetórias, seu pertencimento de classe e suas escolhas valorativas e culturais.
  • E. A identidade entre sujeito e objeto é conseguida porque ambos fazem parte do mesmo sistema social, sendo a ciência um dos subsistemas, em constante interação com os demais subsistemas e também com o meio ambiente.

Questão de Concurso - 1018911

Concurso SEDUC Professor - Área: Sociologia 2018

Questão 47

Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Nível Superior

“O processo de precarização das condições de vida nos bairros mais pobres, associado ao desmantelo de equipamentos públicos como a escola, costumam se ampliar em diversas privações que a população dessas áreas vivencia, seja no âmbito do desemprego, seja na falta de serviços básicos de qualidade (saúde, educação, segurança, lazer). O elevado grau de carência naqueles bairros e a ausência do Estado favorecem o crescimento da criminalidade e da violência no cotidiano da população”.

SOARES, Antonio Mateus de Carvalho. Revista de C. Humanas, Viçosa, v.14, n.1, p. 75-190, jan./jun. 2014. A partir do texto apresentado, escreva V ou F conforme seja verdadeiro ou falso o que se afirma nos seguintes itens:

( ) A ausência de serviços essenciais às populações é responsável pela precarização da vida cotidiana nos bairros pobres das cidades, o que favorece o crescimento da violência e da criminalidade nessas regiões.

( ) Violência é um fenômeno social que se origina da falta de controle e de repressão do Estado sobre parcela da população que não reconhece a autoridade do Estado no estabelecimento da ordem.

( ) Ao não promover, por meio de políticas públicas, a inclusão social de populações moradoras das periferias urbanas do País, o próprio Estado passa a ser um dos fatores principais na produção da criminalidade e da violência.

( ) A promoção de empregos é considerada como a saída para superação da criminalidade e da violência na sociedade contemporânea, caminho pelo qual o Estado deve atuar com exclusividade.

Está correta, de cima para baixo, a seguinte sequência:

  • A. F, V, F, V.
  • B. V, F, V, F.
  • C. F, V, V, V.
  • D. V, V, F, F.

Questão de Concurso - 781342

Concurso DEPEN Agente Penitenciário Federal (polícia penal) - Área 5 2015

Questão 87

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Médio

Em texto recente, o jornalista e escritor Alfredo Sirkis condenou aquilo que chamou de “duas fantasias ideologicamente distintas, mas igualmente nocivas: a do ‘bandido vítima da sociedade’ e a da polícia e das prisões abarrotadas, que, mais dia menos dia, acabarão com as drogas. Em ambas, a realidade está no reverso”. Para Sirkis, falta ao país uma “política minimamente inteligente e realista de segurança”, que enfrente a “demagogia de uns e a irresponsabilidade de outros”, além de defender um ordenamento jurídico que combata eficazmente a criminalidade violenta e não abarrote as prisões de pessoas que não representam ameaça maior à sociedade.

Em face das ideias do texto e das múltiplas implicações da realidade por ele abordadas, julgue os itens seguintes.

Para Alfredo Sirkis, a ação criminosa não condiz com a natureza pacífica dos indivíduos e decorre das circunstâncias geradas e impostas pela sociedade.
  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 991296

Concurso SEDUC Professor Classe I Nível A - Área Sociologia 2018

Questão 22

CONSULPLAN Consultoria e Planejamento em Administração Pública LTDA (CONSULPLAN)

Nível Superior

No contexto do surgimento da sociologia, a ideia de liberdade difundida largamente nas duas grandes revoluções supracitadas

  • A. contribuiu para finalmente permitir o avanço do Iluminismo, considerado a base ideológica das revoluções contemporâneas.
  • B. esteve ligada diretamente à eclosão da primeira e grande revolução proletária da história, preconizada pelos socialistas científicos.
  • C. veio impregnada apenas de um senso de revolta contra a Igreja, principalmente a Católica, fazendo emergir as reformas protestantes.
  • D. passou, então, a conotar também emancipação do indivíduo da autoridade social e religiosa, conquista de direitos, e autonomia frente às instituições.

Questão de Concurso - 989543

Concurso SEE Professor de Educação Básica - Área Sociologia 2017

Questão 45

Fundação Mariana Resende Costa (FUMARC)

Nível Superior

Leia o texto abaixo.

“A diversidade do “ser jovem” nas sociedades modernas nos coloca o desafio de compreender tal fenômeno em suas múltiplas dimensões. Dessa forma, é necessário relativizar definições que tratam a juventude como sendo uma mesma experiência vivida por todos. Na literatura sociológica, são mo-bilizadas, com frequência, duas perspectivas teóricas para lidar com o tema da juventude: a corrente geracional e a corrente classista. A primeira lida com o fenômeno a partir do determinante biológico, que seria a definição de um período cronológico da vida do indivíduo. Já a segunda questiona a uni-cidade do conceito de juventude e propõe o tratamento diferenciado deste fenômeno de acordo com a heterogeneidade das trajetórias individuais imposta pela estratificação social” (LIMA, Raquel. A So-ciologia e o conceito de juventude. Disponível em: . Acesso em: 07/02/2018). No texto acima, a autora aponta a existência, na Sociologia, de duas perspectivas teóricas para tratar do tema da juventude: a geracional e classista.

Em relação a essas duas perspectivas teóricas da Sociologia da Juventude, é CORRETO afirmar:

  • A. A corrente classista procura entender como ocorre a internalização dos valores geracionais pelos jovens, especialmente se há continuidade ou ruptura desse processo na socialização dos indiví-duos nessa fase da vida.
  • B. A corrente classista unifica a concepção de juventude em torno do fator etário, em que os jovens estariam vinculados pelo sentimento de pertencer a um grupo social com a mesma faixa de idade, interesses e visão de mundo.
  • C. A corrente geracional afirma que ignorar as diferenças sociais nos estudos sobre a juventude significa contribuir para a ideologia dominante de reprodução de privilégios ao não perceber a cultura juvenil como reflexo dos valores correspondentes às suas classes sociais.
  • D. De acordo com a corrente geracional, existiriam dois tipos de juventude: a experimentada pelos filhos das famílias de classe média e alta e outra, bastante restrita e quase ausente, vivenciada pelos filhos de famílias oriundas das classes mais pobres.
  • E. Para a corrente classista, entender a juventude como um fenômeno unívoco, independente das clivagens sociais, é uma tentativa de manipulação da realidade que resulta em análises carica-turais do fenômeno ao não considerar as diferentes oportunidades vivenciadas pelos jovens de distintas classes sociais.

Questão de Concurso - 583523

Concurso CNJ Analista Judiciário - Área Ciências Sociais 2012

Questão 71

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Acerca de conceitos presentes nas obras de Anthony Guiddens e a respeito de suas ideias, julgue os próximos itens.

O autor postula que a complexidade das sociedades ocidentais contemporâneas gera nos indivíduos perturbações e ansiedades generalizadas, o que tende a exigir a criação de novas formas de identidades para que se lide com os aspectos mais pessoais de nossa existência.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 583546

Concurso CNJ Analista Judiciário - Área Ciências Sociais 2012

Questão 94

Centro de Seleção e de Promoção de Eventos UnB (CESPE/CEBRASPE)

Nível Superior

Algumas recentes políticas de inclusão social do governo federal foram objeto de críticas reveladoras de perspectivas teórico-ideológicas, concepções econômicas, padrões culturais e preconceitos sociais presentes na sociedade brasileira. Acerca desse assunto, julgue os seguintes itens.

Para Niklas Luhmann, excluído não é quem está fora da sociedade, mas quem depende de algo que há na sociedade, cujo acesso lhe é vedado.

  • C. Certo
  • E. Errado

Questão de Concurso - 942602

Concurso SES Residência em Serviço Social 2017

Questão 26

Instituto Americano de desenvolvimento (IADES)

Nível Superior

Acerca dos conhecimentos relacionados ao desenvolvimento desigual e combinado, julgue os itens a seguir. O desenvolvimento desigual e combinado integra, na visão de alguns autores, a teoria da revolução permanente.
  • C. Certo
  • E. Errado