Um indivíduo do sexo masculino, com trinta e cinco anos de idade, motociclista profissional (motoboy), com histórico de abuso de álcool, foi levado ao pronto-socorro de um hospital apresentando traumatismo cranioencefálico decorrente de um acidente automobilístico sofrido por ele enquanto trabalhava. Uma semana após a alta hospitalar, o paciente compareceu ao atendimento ambulatorial de terapia ocupacional, apresentando nível de funcionamento cognitivo VI na Escala do Rancho Los Amigos.

A respeito desse caso clínico e de aspectos a ele correlacionados, julgue os itens a seguir.

Força muscular, processamento sensorial, amplitude de movimento, memória e capacidade de autocontrole são componentes de desempenho que podem ser avaliados pelo terapeuta ocupacional desse paciente.
  • C. Certo
  • E. Errado