Raciocínio clínico é o processo usado por profissionais para planejar, orientar, realizar e refletir sobre o tratamento do cliente. Para alguns estudiosos, o raciocínio clínico pode ser classificado como científico, narrativo, pragmático e ético. No que se refere a essa classificação de raciocínio clínico em terapia ocupacional, julgue os itens subsecutivos. Identificar quem está pagando pelos serviços e quais são suas expectativas; quais os recursos familiares existentes para apoiar a intervenção; quais são as competências clínicas do terapeuta e quais equipamentos estão disponíveis, são orientações que configuram o raciocínio pragmático.
  • C. Certo
  • E. Errado