Pedagogia Currículo (Teoria e Prática)

Uma professora notou que em matemática sua turma de 5º ano estava com dificuldades de realizar situações-problema e solicitou a presença do coordenador pedagógico para que assistisse à sua aula e lhe ajudasse a identificar que estratégias didáticas poderiam ser adotadas para favorecer a aprendizagem dos alunos. Com respaldo em seus conhecimentos de didática da Matemática, após observar a aula, o coordenador provavelmente respondeu que

  • A.

    é preciso aumentar a quantidade de situações-problema para serem resolvidas pelos alunos, utilizando apenas uma operação por vez, ou seja, quinze problemas que envolvam multiplicação em uma mesma aula. Não é indicado que os alunos de 5º ano resolvam os problemas com estratégias pessoais, precisam estruturar as operações de modo convencional.

  • B.

    a Matemática não deve utilizar situações-problema, deve usar exclusivamente jogos didáticos, de preferência propostos pelos alunos.

  • C.

    antes de resolver situações-problema, os alunos precisam familiarizar-se com as operações aritméticas de modo isolado. Quando as compreenderem bem, podem aplicá-las. Se os alunos têm dificuldades, o professor deve retomar as operações e, quando aprenderem o mecanismo operativo, estarão preparados para o próximo passo.

  • D.

    propor situações-problema é imprescindível em todos os níveis da escolaridade, porém a Matemática não deve se limitar a isso; é necessário que os alunos também possam experimentar criar problemas e propiciar a resolução dos problemas inventados por outros colegas.