Tecnologia da Informação Segurança da Informação Firewalls

Um firewall de filtragem de pacotes examina cada datagrama determinando se ele deve passar ou ficar baseado nas regras específicas do administrador que configura o firewall com base na política da organização. Paula, administradora de redes do Tribunal Regional Federal da 1a Região − TRF1 observou os itens da política de segurança e fez as seguintes configurações no firewall de filtragem de pacotes:

I. Item da política: O TRF1 não quer nenhuma conexão TCP de entrada, exceto aquelas para o servidor web público. Configuração do firewall: bloquear todos os segmentos TCP SYN com exceção daqueles com porta de destino 80 e endereço IP destinatário correspondente ao servidor web.

II. Item da política: O TRF1 não quer que sua rede seja usada por um ataque DoS smurf. Configuração do firewall: abandonar todos os pacotes enviados para o endereço de broadcast da rede e pacotes com bit ACK ajustado em 0 ou 1.

III. Item da política: O TRF1 não deseja que seus usuários monopolizem o acesso à largura de banda com aplicações de rádio via Internet. Configuração do firewall: abandonar todos os pacotes UDP de entrada (exceto pacotes DNS).

IV. Item da política: O TRF1 não quer que sua rede interna seja mapeada (rastreio de rota) por estranhos. Configuração do firewall: abandonar todo o tráfego de saída expirado ICMP TTL.

Estão corretos APENAS os procedimentos adotados por Paula que constam em

  • A. I e II.
  • B. II e IV.
  • C. I e III.
  • D. I, III e IV.
  • E. III e IV.