Farmácia Farmacologia Patologia Clínica

Estudos recentes comprovam o progressivo uso de cocaína, que depois do álcool é a droga de maior consumo. Relativa ao uso destas substâncias, assinale a afirmativa incorreta.
  • A. O sangue é a amostra mais comumente usada para análise quantitativa de álcool.
  • B. A cromatografia gasosa/espectrometria de massas (CG/EM) é o método analítico mais frequentemente usado para a análise da cocaína.
  • C. O cabelo não acumula cocaína e, portanto, não deve ser escolhido como amostra.
  • D. As vantagens do método “headspace” com microextração em fase sólida (MEFS) para análise do álcool são o baixo custo, a facilidade operacional, a existência de sistema portátil e a perda e contaminação mínima da amostra.
  • E. A quantificação da concentração de álcool em amostra líquida colhida de humor vítreo pode resultar em dados mais confiáveis do que a amostra de sangue, no caso de cadáver putrefato.