Medicina Especialidade Acunpuntura

Um paciente de 36 anos de idade, bancário, foi encaminhado ao acupunturiatra pela unidade de gastroenterologia, com o diagnóstico de síndrome do intestino irritável. O paciente relatou que, há cerca de três anos, desde que assumiu a chefia do departamento em que trabalha, apresenta frequentes episódios de diarreia, que sobrevêm subitamente, precedidos de dor abdominal, com urgência retal, em situações mais variadas e em qualquer horário de sua atividade diária. Sente-se ansioso, inseguro e emocionalmente abalado. Queixa-se de desconforto no peito, eructações frequentes, diminuição do apetite e flatulência. Ao exame físico, apresenta-se normocorado, anictérico, afebril; ausculta cardiorrespiratória sem alterações; abdome distendido, timpânico, com ruídos hidroaéreos aumentados, vísceras impalpáveis; língua ligeiramente avermelhada com revestimento branco e fino. Do ponto de vista do discurso da medicina tradicional chinesa, esse quadro clínico é classificado como

  • A.

    deficiência do Yang de Shèn, e as zonas neurorreativas de acupuntura classicamente indicadas para seu tratamento são VC 4 (Ren 4), Du 4 (VG 4) e B 23, com moxa.

  • B.

    Gan Qi atacando Pi, e as zonas neurorreativas de acupuntura classicamente indicadas para seu tratamento são Ren 12 (VC 12), E 25 e E 36, F 3 e VB 34.

  • C.

    deficiência de Pi e Wei, e as zonas neurorreativas de acupuntura classicamente indicadas para seu tratamento são B 20, Ren 12 (VC 12), E 25 e E

  • D.

    deficiência do Yang de Shèn e Gan, e as zonas neurorreativas de acupuntura classicamente indicadas para seu tratamento são B 23, B 18, R 3, F 5, E 25 e E 36, com moxa.

  • E.

    calor umidade no Da Chang, e as zonas neurorreativas de acupuntura classicamente indicadas para seu tratamento são Ren 12 (VC 12), E 25, E 37, BP 9, IG 4 e IG 11.