Medicina Especialidade Psiquiatria

Texto III, para responder às questões de 31 a 33.

Um jovem de 21 anos de idade é trazido ao consultório por seu pai, relatando que descobriu um plano arquitetado por seus colegas de faculdade para prejudicá-lo. Segundo informa, vem percebendo que as pessoas, na rua, o olham e riem dele. Alega que fazem isso propositadamente para desestabilizá-lo emocionalmente. Acrescenta que seus colegas o têm perseguido em todos os lugares e, escondidos, comentam, entre si, o que ele está fazendo, mesmo na intimidade da sua casa. “Eles falam para que eu me mate porque senão eles me pegarão mesmo”. Refere que o complô contra ele já alcançou até mesmo as emissoras de televisão porque, durante um telejornal, recebeu advertências dirigidas a ele, pessoalmente. Mais recentemente, ficou apavorado porque percebeu que seus pensamentos estavam “vazando” de dentro da sua cabeça, e todos os seus colegas estavam agora sabendo o que ele pensa. Acredita também que eles criaram um equipamento eletrônico que coloca os pensamentos dentro da cabeça dele, pensamentos que não são dele, mas de outros. Afirma que provavelmente seus colegas estão “macomunados” com alienígenas e que, por esse motivo, eles estão tão poderosos. Ele assevera que já ouviu vozes dizendo que vão pegá-lo para implantar um chip em sua cabeça para que ele se torne um autômato a serviço da “conspiração”. Segundo o pai, nos últimos dias, o paciente não quer mais ir à faculdade ou sair de casa. Vem percebendo-o fortemente ansioso e muito preocupado em olhar pela fresta da cortina, que se recusa a abrir, obrigando a todos em casa a ficarem com as janelas e as cortinas fechadas. Quando interrogado, o pai revela que vem percebendo que seu filho está “estranho” há aproximadamente dois meses: “Antes disso, nunca o vi assim. Sempre foi estudioso e muito tímido, mas nunca esquisito desse jeito. Eu mal o reconheço”. O paciente acrescenta que tudo começou após o término do namoro com uma colega de clas

Considerando o quadro clínico descrito no texto, assinale a alternativa correta.

  • A.

    O quadro é típico de um jovem que vem fazendo uso de drogas ilícitas e desenvolve sintomas psicóticos secundários ao uso de ácido lisérgico.

  • B.

    Trata-se, na verdade, de um paciente que apresenta um primeiro episódio de transtorno afetivo bipolar.

  • C.

    O quadro é típico de transtorno delirante.

  • D.

    O mais provável é que seja um primeiro episódio psicoticoesquizofrênico.

  • E.

    Pela associação com um evento de perda, o mais provável é que seja uma depressão com sintomas psicóticos.