Medicina Especialidade Medicina Nuclear Radiologia

P.H., 16 anos, sexo feminino, está grávida do primeiro filho. A família da jovem está preocupada com a gestação por causa da pouca idade da menina e pelo fato de a jovem fumar. Estas duas condições estão entre as que comprometem o crescimento e desenvolvimento fetal. Devido às anomalias fetais serem tanto a causa como estarem associadas à restrição de crescimento, o feto deve ser cuidadosamente avaliado para determinar a normalidade das estruturas. Sobre este assunto, assinale a alternativa incorreta.

  • A.

    As medidas de partes fetais, particularmente cabeça, corpo e fêmur, são importantes tanto na primeira como em qualquer das avaliações subsequentes.

  • B.

    Todas as medidas ultrassonográficas devem ser realizadas de acordo com a padronização ultrasonográfica obstétrica pré-natal. De forma ideal, a idade gestacional deve ser estabelecida dentro das primeiras 20 a 24 semanas, tanto para a avaliação do comprimento crânio-nádega no primeiro trimestre como para as medidas da cabeça e do fêmur no segundo.

  • C.

    A taxa de detecção ultrassonográfica de restrição de crescimento intraútero (RCIU) é de 70%. Frequentemente, a RCIU assimétrica é mais detectada.

  • D.

    Um abdome fetal pequeno, detectado durante a realização de um exame isolado para estabelecer a idade gestacional, geralmente está mais associado à RCIU do que um abdome fetal pequeno encontrado em uma gestante com hipertensão.

  • E.

    A comparação entre a cabeça e o abdome fetal pode predizer a presença de RCIU assimétrica se a idade fetal for conhecida. Pelo fato de inicialmente o abdome estar mais gravemente afetado do que a cabeça e o fêmur, a relação da circunferência cefálico-abdominal apresenta alto grau de sensibilidade.