Um cadáver dá ingresso no IML acompanhado de uma guia hospitalar que relata história de intoxicação por tetracloreto de carbono, com evolução de uma semana para coma hepático, em que o paciente apresentou icterícia, aumento acentuado da TGO, bem como, oligúria e insuficiência renal. A necrópsia revelou necrose centrolobular confluente e esteatose do fígado e o exame toxicológico não conseguiu detectar o tetracloreto de carbono nem outras drogas hepatotóxicas. Assinale a alternativa que apresenta a conclusão do perito legista quanto à causa da morte, após receber o resultado do exame toxicológico.
  • A. Provável hepatite aguda fulminante por vírus.
  • B. Compatível com hepatite subaguda por vírus.
  • C. Causa de morte indeterminada.
  • D. Compatível com leptospirose.
  • E. Sugestivo de envenenamento por tetracloreto de carbono.