Questão de concurso
1
Q1150153
Medicina Cirurgia Geral
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2019
Banca: Universidade de São Paulo - USP
Prova: USP - Hospital Universitário da USP - Residência Médica - Área: Cirurgia de Cabeça e Pescoço

Homem de 73 anos foi submetido a laparotomia de urgência em que teve como achado diverticulite perfurada Hinchey IV. Identificado perfuração no sigmoide em peritônio livre e grande quantidade de fezes em toda cavidade peritonial com peritonite extensa. O anestesista iniciou drogas vasoativas no intra operatório para manter pressão arterial sistólica de 90 mmHg. Foi colhido plaquetas e gasometria durante o ato operatório cujo resultado foi de pH 7,2 e bicarbonato baixo (8 mEq/l). A contagem de plaquetas era de 50.000 mm3. A temperatura medida por termômetro esofágico era de 35º C. O cirurgião optou por ressecar o segmento perfurado e grampear os cotos do cólon e reto. Antes de fechar a parede abdominal as bordas da laparotomia foram aproximadas para se estimar a pressão intra-abdominal (PIA) que foi aferida pela sonda vesical. A PIA foi de 20 mmHg. Decidiu então fechar o abdome com pontos subtotais.

Assinale a alternativa correta relativa à análise crítica da conduta adotada.

A

O cirurgião agiu adequadamente uma vez que havia inúmeras razões para adotar controle de dano e realizar o fechamento do abdome para não interferir na ventilação assistida.

B

O cirurgião deveria ter optado por peritoniostomia como parte da estratégia de cirurgia de controle de dano.

C

A conduta cirúrgica não foi adequada porque ele deveria ter feito colostomia se optasse por fechar a parede.

D

O cirurgião agiu corretamente em fechar a parede para evitar fistulas e complicações das peritoniostomias.