Questões de Concurso #467390
1
Q467390
Química Química Inorgânica
Atalhos
Compartilhar
Ano: 2011
Banca: Consultoria e Planejamento em Administração Pública LTDA - CONSULPLAN
Prova: CONSULPLAN - CESAN - Companhia Espírito Santense de Saneamento - Instalador e Ajustador de Equipamentos Pitométricos

Para nos manter vivos, o pH do sangue deve estar neutro entre 7,35 e 7,45. Uma pequena alteração pode matar. Numa crise de ansiedade ou histeria, quando se respira de modo ofegante, perde-se muito CO2. Isso faz com que o pH do sangue suba a 7,7 em poucos minutos, situação conhecida como alcalemia sanguínea. Às vezes, a ingestão de um simples calmante resolve o problema, a respiração volta ao normal e o sangue reestabelece o pH neutro. No sangue, o equilíbrio químico é dado pela equação: CO2 + H2O H+ + HCO3 Consumindo-se muito CO2, o equilíbrio se desloca para a esquerda consumindo os íons H+ e o sangue apresenta caráter básico. Se isso não funciona, é preciso uma intervenção médica injetando uma solução ácida de cloreto de amônio no sangue do paciente. O fato de um sal produzir a acidez necessária para neutralizar o sangue, pode ser explicado na seguinte alternativa:

A

Ao dissolver o NH4Cl em água, o íon NH4 + derivado de uma base forte, captura os íons OH–.

B

O NH4Cl dissolvido em água derivado de uma base fraca, faz sobrar H+ tornando-se ácida.

C

O cloreto de amônio não pode ser ministrado no organismo por ser derivado de um ácido forte.

D

Na água pura, existe H2O e íons H+ (responsável pela acidez) e OH (responsável pela basicidade) em concentrações diferentes.

E

É preciso uma solução ácida para neutralizar a alcalemia, reestabelecer o equilíbrio e manter o pH a níveis aceitáveis.